Tag Archives: Alex Kozloff Siwek

Sem bicicleta, em Portugal

Há pouco mais de duas semana estou morando em Portugal.  Desde então não encostei em uma bicicleta. Distâncias mais curtas tenho feito a pé. É ótimo. Os motoristas realmente respeitam a faixa de pedestres. Para os deslocamentos mais longos aluguei aqui um carro por dez semanas. Este período todo por pouco mais de 200 Euros. Achei bastante barato. Depois disto as coisas ficam um pouco mais caras. Estacionar é quase sempre pago (a não ser nas zonas residenciais), os pedágios são caros e o combustível é mais caro que no Brasil. Agora está 1,68 Euro por litro. Mesmo assim está sendo uma boa experiência e tem me dado comodidade. É só não entrar em Lisboa às 8 horas da manhã. O trânsito é  quase como trânsito de São Paulo.

Placa na saída de um posto Galp, em Lisboa. Foto: @renejrfernandes.

Placa na saída de um posto Galp, em Lisboa. Foto: @renejrfernandes.

Ontem (10 de Março) de manhã, enquanto dirigia, ouvi em uma rádio sobre as prisões de motoristas embriagados em Portugal. Era por volta do mesmo horário em que o motorista Alex Kozloff Siwek, agora indiciado por tentativa de homicídio, fuga do local do acidente, embriaguez ao volante e manobras arriscadas, atropelava em São Paulo o trabalhador David Santos Souza, decepando seu braço.

Hoje fui rever as estatísticas. Portugal tem aproximadamente o mesmo número de habitantes de São Paulo – 11 milhões. No último sábado, aqui em Portugal, foram fiscalizados 2759 motoristas, do quais 63 estavam embriagados, ou seja, foi fiscalizado 0,002% da população e destes, 2,3% estavam embriagados. Em São Paulo, no sábado retrasado, foram fiscalizados só 507 motoristas (um percentual 5 vezes menor) e destes, 7,3% (34 casos) estavam bêbados, um número 3 vezes maior. Fazendo uma “regra de 3”, sem qualquer rigor estatístico, é possível ver que Lei Seca no Brasil continua sendo tratada como piada, pelas pessoas e pelo poder público e a vida banalizada.

@renejrfernandes

Advertisements